Melhor duro do que mole - por Fabi Chagas

terça-feira, 28 de abril de 2015



Calma gente, já vou explicar.


Normalmente, quando iniciamos uma aula de dança, alguém sempre se posiciona dizendo "Professora, você terá muito trabalho,  sou muito duro".


Na sequencia, respondo: "Amém! Antes duro do que mole.", e as risadas ecoam na sala.


Existe um mito de que para dançar você precisa ser mole. No entanto,  este pensamento está extremamente equivocado. 



Já dizia o meu sábio professor "mole nada funciona". Ambiguidade a parte, quando se é muito mole não existe uma consistência, dificultando a adaptação entre os corpos. Já o corpo mais enrijecido,  por incrível que pareça, é o que consegue uma melhor adaptação.

Alguns dos fatores que levam o nosso corpo a se tornar "duro" são:  estímulos físicos, repressões físicas e emocionais, timidez, excesso de tônus muscular, entre outros. 



Logo, argumentos totalmente superáveis, pois um minimo de descontração pode ser o suficiente para uma boa adaptação (ou o início dela).

Já o aluno "mole", tem dificuldades em  manter o tônus muscular, exatamente pela ausência de firmeza no corpo. Provavelmente não esta habituado com esse tipo de força física, sentindo até um pequeno desconforto.



A verdade é que, quando você sai da sua zona de conforto, precisa fazer esforços, sejam eles físicos ou emocionais, causando tal sensação.



Entretanto, a dança é como qualquer outra atividade que nos propusermos a fazer.
Se decido falar inglês, preciso estudar e praticar; se quero pular de para quedas, tenho que fazer o curso preparatório, simular um salto de verdade para depois ir para à pratica;  se quero exercer a medicina, passo anos estudando, estagiando, para finalmente colocar os meus conhecimentos em prática. 



Então, porque com a dança seria diferente?



Esqueça esse mito de que dançar é só para quem nasceu pra isso.



Todos nós temos a mesma capacidade.



Sendo assim, não perca mais tempo!


Dance!


Dance de corpo, alma e coração."







por Fabi Chagas - Professora de dança e técnicas de feminilidade e sensualidade



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Follow by Email

Be More no Facebook

No Instagram @bemoreblog

Contatos

contato@bemoreblog.com.br
Amanda Accioli
11- 996690432
Jacqueline Abon Ali
11-983431234

BLOG BE MORE

Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados