Emagrecimento em longo prazo

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Descubra como não colocar a perder a sua batalha contra o ponteiro da balança e como o planejamento prévio trará vantagem a sua redução de medidas








A insatisfação com o corpo faz com que muitas pessoas acabem adotando medidas radicais para conseguir emagrecer. Entretanto, o que poucas pessoas acabam se atentando é que, ao tomar resoluções por conta própria pode acabar não apenas no insucesso do emagrecimento, como acarretar outros problemas.
 
O nutrólogo André Veinert, da Clínica Healthme, explica que métodos radicais, na maioria do casos, pode não garantir resultados em longo prazo. “Na busca da redução de medidas, algumas pessoas começam eliminar alimentos do seu cardápio sem consultar um especialista e o problema é que a maioria desses alimentos em que elas muitas vezes deixam de comer são indispensáveis para manter a saúde e, embora a perda de peso possa ocorrer, em grande parte dos casos, a falta de planejamento acaba se perdendo com o tempo.”
 
Ao atingir a meta desejada, é comum que se volte a ter os mesmo hábitos anteriores, o que faz a pessoa retornar ao peso de antigo. “Depois de atingir o seu objetivo, a pessoa tende a voltar a realizar a ingestão dos alimentos de uma forma descontrolada, o que faz o ponteiro da balança voltar a subir e ainda gerar um distúrbio de compulsão alimentar”, revela.
 
Se privar por longos períodos de determinados grupos alimentares pode gerar um déficit a ser suprido. “Quando a pessoa adota uma dieta restritiva, o organismo sente falta desses alimentos que são, muita vezes, indispensáveis para manter a energia e o equilíbrio nutricional. E quando a mesma decide comer um pedaço tende a surgir a compulsão pelo alimento”, esclarece André.
 
Outros malefícios, como desequilíbrio emocional, podem vir a surgir.  “As restrições excessivas potencializam a ansiedade e ainda o estresse”, destaca o especialista, que indica abaixo algumas sugestões para se ter um emagrecimento saudável e uma vida com qualidade em longo prazo.

 
Estilo permanente de vida
  • Evite ficar por longos períodos em jejum;
  • Consuma alimentos como banana, oleaginosas, leite que são ricos em triptofano, aveia, arroz, integral, vegetais, ovos;
  • Não pule os horários das refeições;
  • Pratique atividades físicas regularmente.
 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Follow by Email

Be More no Facebook

No Instagram @bemoreblog

Contatos

contato@bemoreblog.com.br
Amanda Accioli
11- 996690432
Jacqueline Abon Ali
11-983431234

BLOG BE MORE

Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados