História do Jiu Jitsu – parte 5 – Expansão internacional do Judô e do Jiu-Jitsu

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

By Tony Ferraz


Treinamento de luta na Kodokan em 1900
Treinamento de luta na Kodokan em 1900
Desde 1889, quando Kano realizou palestras na América e na Europa, a Kodokan iniciou um movimento de expansão internacional do Judô. Esta expansão visava atingir um dos principais objetivos de Jigoro, que vivera na infância e adolescência em uma sociedade japonesa que desprezava elementos de sua própria cultura e que evoluía enormemente através da cultura ocidental. Kano sentia que o Japão tinha algo digno a oferecer ao mundo e que poderia exportar bons valores através do Judô.
Isso viria de acordo com o segundo dos princípios fundamentais do Judô, criados por Kano. O primeiro é o da “Máxima eficiência no uso da energia” (Seiryoku Zen’Yo) que diz que devemos empregar nossa energia mental e física da maneira mais eficiente em todas as situações.
O segundo é o da “Prosperidade e Benefícios Mútuos” (Jita Kyoei) que afirma a importância da solidariedade e colaboração mútua para a prosperidade individual e coletiva. Ele percebeu que havia no passado uma grande preocupação dos lutadores em adquirir força física e mental, mas o que efetivamente fazer com essa força não era motivo de atenção. Kano acreditava que essa força deveria ser usada para o bem da sociedade, e por tanto, o progresso do indivíduo deveria ligar-se ao auxílio do próximo para maximizar os benefícios para todos. Este importante conceito não deveria ser somente empregado nos treinamentos de Judô, mas também poderia ser aplicado de maneira macro em sociedades e nações, e por tanto, era fundamental que o Japão contribuísse da sua maneira para o progresso mundial.
Na virada e nas primeiras décadas do século XX, Kano enviou sistematicamente discípulos para diversas partes do mundo para apresentarem e divulgarem o Judô.
Como o termo Judô Kodokan não era muito conhecido fora do Japão, e mesmo no japão ainda pouco usado antes de 1925, a maioria destes professores e lutadores utilizavam ainda o termo Jiu-Jitsu para descrever sua arte, como provam diversos artigos da imprensa daquele período. Entre esses homens em missão para divulgar a arte estava Conde Koma.
—————————–

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Follow by Email

Be More no Facebook

No Instagram @bemoreblog

Contatos

contato@bemoreblog.com.br
Amanda Accioli
11- 996690432
Jacqueline Abon Ali
11-983431234

BLOG BE MORE

Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados