Dieta das celebridades: veja por que a dieta da moda pode ser uma cilada

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Dieta Master cleanse, do tipo sanguíneo, dukan, da papinha, estão entre as opções que os famosos escolhem para emagrecer.

Por: Bruna Stuppiello


Os famosos se destacam por seus belos corpos. Porém, para conquistar a boa forma, às vezes eles utilizam métodos arriscados para a saúde e que podem não proporcionar a real perda de peso. "Dietas da moda não funcionam. Técnicas que prometem fazer milagres em tempo recorde não são adequadas. Elas até podem promover algum emagrecimento, mas como ninguém consegue manter a monotonia alimentar, é claro que a pessoa engorda novamente", diz a nutricionista Keli Coutinho.

Reeducar os seus hábitos alimentares e praticar exercícios ainda é a única maneira de perder peso de forma saudável. "Aumentando o consumo de frutas, legumes, verduras e integrais e diminuindo o consumo de alimentos industrializados, ricos em gorduras ruins, sódio e açúcar são maneiras de se conseguir perder e manter o peso", afirma Coutinho.

Entenda por que as dietas Master cleanse, do tipo sanguíneo, da papinha de bebê, da lancheira, da proteína ou dukan, do vegano temporário, do vinagre e sem glúten não funcionam. Algumas delas ainda podem causar problemas sérios de saúde.
 
 

Dieta Master cleanse

O que é: A dieta Master cleanse consiste em ingerir por dez dias somente chás laxantes, água com sal marinho e uma mistura de limão siciliano ou comum, nunca o galego, xarope de bordo, pimenta caiena e água.

Quem fez: a atriz Demi Moore, o ator Ashton Kutcher e a cantora Beyoncé Knolwes. Por que é um problema: A lista de problemas para a saúde que esta dieta pode causar é extensa. "Este método é uma loucura. Há o risco de desnutrição devido a pouquíssima ingestão de alimentos, e inflamação no intestino, por causa dos chás laxantes", alerta o nutrólogo Roberto Navarro.

A dieta é pobre em nutrientes e calorias, por isso pode levar a dores de cabeça, dificuldade de concentração, tonturas e anemia, entre outros sintomas. Até mesmo o coração pode ser prejudicado nesta dieta. "Por ser somente líquida, existe a possibilidade da pessoa perder potássio e magnésio, minerais importantes para o ritmo do coração, o que pode levar a arritmia cardíaca", conta Navarro.

Além disso, os riscos do efeito sanfona são altos. "Afinal, não houve uma reeducação alimentar, o paciente não aprendeu a escolher os alimentos que pode e deve comer", diz a nutricionista Rita de Cássia Leite Novais, especializada em nutrição clínica.

Este efeito sanfona pode ser ainda pior. Alguns dias após uma restrição tão extrema, o corpo não queima apenas gorduras, mas também músculos. Quando o indivíduo volta para a dieta comum, o corpo quer retornar ao peso perdido, mas só recupera a gordura e então a pessoa fica mais flácida.   


Dieta da papinha de bebê

O que é: A dieta consiste em consumir 14 potes de papinhas industrializadas ao longo do dia e a noite comer um jantar leve com peixe e salada.

Quem fez: a atriz Jennifer Aniston e a cantora Lady Gaga.

Por que é um problema: Deixe as papinhas para os bebês! Esta dieta é muito restrita em calorias e nutrientes. "Ela tem pouca quantidade de fibras e assim não favorece o funcionamento do intestino de maneira adequada. Este tipo de regime sem orientação pode trazer malefícios a saúde e carências nutricionais", conta Novais. Tendo em vista que os alimentos são triturados muitas vitaminas podem se perder.

O fato desta dieta envolver pouca mastigação também pode acarretar problemas para a perda de peso. "Quando começamos a mastigar já existe um primeiro estímulo do cérebro. Pessoas que mastigam com mais calma ingerem menos comida porque dá tempo do cérebro dar o sinal de que a pessoa está se alimentando", explica Navarro.



Dieta do tipo sanguíneo

O que é: Consiste em traçar quais alimentos podem e quais não podem ser ingeridos por cada pessoa de acordo com o tipo sanguíneo dela.

Quem fez: a atriz Cacau Protásio.

Por que é um problema:
Não existe nenhuma comprovação científica de que este método funciona, mas há provas de que ele não é eficaz. Pesquisadores da Universidade de Toronto realizaram um estudo com 1.455 pacientes e concluíram que a dieta do tipo sanguíneo não é válida. Os estudiosos observaram que a maneira como o indivíduo reage a dieta não tem relação com o seu tipo sanguíneo.

Como os indivíduos que seguem o regime deixam de comer muitos alimentos há o risco de terem uma dieta desbalanceada. "A restrição de carne bovina, cereais e derivados do leite, que acontece nesta dieta, pode causar deficiências ao organismo e comprometer o metabolismo", diz Novais.

A atriz Cacau Protásio ainda sofreu com o efeito sanfona. "Já fiz a dieta do tipo sanguíneo e ganhei peso depois", lembra a atriz. Agora, ela participa do Dieta e Saúde, um programa de emagrecimento que usa o conceito da dieta dos pontos e até hoje já perdeu 12 quilos. "O que mais gostei no Dieta e Saúde é que não proíbe nada. Você pode comer de tudo, desde que em pequenas quantidades. Assim você não enjoa. Além disso, o programa incentiva a comer na hora certa e fazer trocas mais saudáveis", ressalta Cacau Protásio.
 
 
 

Dieta da lancheira ou marmita

O que é: Consiste em comer durante o dia, café da manhã e jantar não estão incluídos, somente alimentos que caibam dentro de uma lancheira comum.

Quem fez: A cantora Fergie.

Por que é um problema: O principal objetivo desta dieta é restringir a quantidade de alimentos ingeridos, o que é bom. "O fato de poder levar o alimento de casa e controlar a quantidade e qualidade do que irá ingerir é um ponto positivo", observa a nutricionista Keli Coutinho.

Porém, o que será colocado na lancheira é essencial para definir se o regime é eficaz. "O fato de ser uma lancheira não é um erro. Se for colocada uma porção de refeição saudável e a pessoa comer de três em três horas, sem problemas. Mas se for algo muito restrito, como só uma fruta e uma barrinha de cereal, não é bom para a saúde", constata Navarro.

Além disso, colocar alimentos ricos em açúcar ou gorduras na lancheira é um erro, pois dentro do compartimento ou fora dele, essas comidas continuam contribuindo para o ganho de peso.
 

 

Dieta do vegano temporário

O que é: Envolve passar alguns dias com uma dieta vegana. Assim, todos os alimentos de origem animal, carnes, lacticínios, ovos, mel, entre outros, são excluídos do cardápio.

Quem fez: a cantora Beyoncé Knolwes e o rapper Jay-Z.

Por que é um problema: Não há garantias de emagrecimento. Afinal, os veganos podem comer açúcar, carboidratos simples e gorduras vegetais, alimentos que, em grandes quantidades, favorecem o ganho de peso.

É importante ter o acompanhamento de um nutricionista ou nutrólogo para evitar carências nutricionais ao realizar esta dieta, especialmente de proteínas e cálcio. "O vegano bem orientado não é desnutrido, o único nutriente que realmente eles não conseguem é a vitamina B12, pois a de origem animal é muito mais aproveitada pelo organismo", conta Navarro. Porém, como a dieta dura poucos dias, o período não é o suficiente para que o organismo fique com carência do nutriente.

O retorno para os alimentos de origem animal também precisa ser realizado com cuidado. "A gordura e a proteína animal exigem maior esforço digestivo. Quando a pessoa volta a comê-los sem a orientação sente um desconforto", conclui Navarro. 
 
 
 

Dieta da proteína ou dukan

O que é: Esta famosa dieta envolve diminuir os carboidratos, inclusive as frutas em um primeiro e segundo momento da alimentação, e consumir mais proteínas e gorduras. Ela consiste em quatro fases. A primeira é o ataque, momento de perda de peso rápida no qual o único carboidrato que pode ser ingerido é uma colher de sopa de farelo de aveia por dia. A segunda fase é o cruzeiro, envolve perda de peso constante e é mantida até conquistar o peso desejado, o único carboidrato que pode ser ingerido são duas colheres de sopa de farelo de aveia. A consolidação, momento no qual o objetivo é manter o peso conquistado e os carboidratos passam a ser inseridos na dieta de maneira moderada. A última fase é a estabilização, durante toda a vida a pessoa terá um dia da semana no qual irá ingerir somente proteínas.

Quem fez:
A duquesa de Cambridge Kate Middleton e a modelo Gisele Bündchen.

Por que é um problema: A lista de malefícios desta dieta é extensa. Ao restringir o consumo de carboidratos, a pessoa pode sentir mais dores de cabeça, mal estar e tonturas. Já a falta de frutas pode levar a deficiência de nutrientes como vitaminas, minerais e fibras, a ausência deste último pode causar a prisão de ventre.

Os excessos de alguns alimentos que este regime permite também não são saudáveis. "O excesso de gorduras pode levar ao aumento do colesterol e consequentemente a problemas cardiovasculares, enquanto grandes quantidade de proteínas pode causar a sobrecarga dos rins", explica Coutinho.

Além dos problemas para a saúde, o emagrecimento é questionável. "Na primeira semana, a pessoa perde de 4 a 5 quilos, mas na verdade pelo menos 3 quilos são água", explica Navarro. Além disso, como em outras dietas restritivas extremas, os riscos do efeito sanfona são altos.  
 
 
 

Dieta do vinagre de maçã


O que é: Envolve tomar uma dose, o equivalente a 50 ml, de vinagre de maçã por dia antes de uma refeição. As celebridades alegam que o líquido contribui para o emagrecimento.

Quem fez: a cantora Fergie e a modelo Heidi Klum.

Por que é um problema: O vinagre de maçã de fato é um alimento termogênico, ou seja, contribui para o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Porém, a recomendação é ingerir até duas colheres de vinagre por dia, cerca de 30 ml.

Uma dose, como na dieta, não é recomendado, mas não gera problemas de saúde. Contudo, quantidades muito superiores a isso podem até levar a morte. "O tempero é muito ácido e por isso em excesso ele muda o pH do sangue e pode causar uma acidose metabólica, quadro de risco que pode ser fatal", alerta Navarro.

O estômago também pode ser prejudicado com grandes quantidades de vinagre. "O ácido acético do tempero tem a capacidade de agredir as mucosas da parede estomacal, podendo provocar gastrite ou úlcera", diz a nutricionista Lidiane Martins. Então, restrinja o consumo do vinagre para temperar as saladas.
 
 
 
 
 

Dieta sem glúten

O que é: O glúten é uma proteína presente no trigo, na aveia, na cevada, no centeio e no malte. Algumas pessoas são intolerantes ao glúten ou celíacas e por isso o cortam da dieta. Porém, há quem não tenha este problema e mesmo assim opta por não ingerir a proteína e fazer a dieta sem glúten.

Quem fez: as atrizes Juliana Paes e Carol Castro e a cantora Miley Cyrus.

Por que é um problema: Tirar o glúten da dieta não irá garantir a perda de peso para as pessoas saudáveis. "Na realidade, a pessoa acaba cortando calorias, pão, biscoito, bolacha, e por isso perde peso. Não há uma relação específica entre o glúten e o emagrecimento", explica Navarro. Cortar essa proteína não irá proporcionar nenhum problema de saúde para pessoas saudáveis.   
 
 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Follow by Email

Be More no Facebook

No Instagram @bemoreblog

Contatos

contato@bemoreblog.com.br
Amanda Accioli
11- 996690432
Jacqueline Abon Ali
11-983431234

BLOG BE MORE

Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados